Que funcionalidades deve ter um software de saúde?

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
As clínicas que têm um software de saúde conseguem otimizar a sua gestão e as tarefas diárias. No entanto, ainda existem clínicas que não estão a usufruir desta tecnologia e podem ter dúvidas sobre o que realmente precisam para cobrir as suas necessidades.

Quando estiver a equacionar adotar um software de saúde para a sua clínica, lembre-se de algumas funcionalidades que são cruciais para que o mesmo tenha uma boa usabilidade e aplicabilidade no dia a dia. Hoje, destacamos dois módulos. Para saber quais são, continue a leitura!

1. Atendimento

O software de saúde ajuda a garantir a satisfação dos pacientes, pois permite um maior controlo sobre a agenda e o tempo médio de cada consulta. Dessa forma, é mais fácil gerar fidelização.

Descubra algumas funcionalidades do módulo Atendimento.

Agendamento

Efetue marcações de consultas ou exames com gestão de recursos (médicos, técnicos, salas e equipamentos).

Pesquisas

Consulte de modo rápido os registos de serviços pendentes, situação de exames e dos vários episódios do utente.

Gestão de Utentes

Insira os dados dos seus utentes uma única vez durante o processo de admissão de forma simples e inequívoca.

Visitas

Preste um atendimento organizado, com ajuda eficiente e respostas completas. Efetue uma Gestão de Acessos e Registos das Visitas.

2. Gestão

Se pretende modernizar a sua clínica, deve garantir uma gestão mais adequada, ou seja, com dados mais precisos e capazes de ajudar à tomada de decisões. É importante também assegurar uma atuação dentro das exigências legais e também fazer uma melhor distribuição dos recursos.

Descubra algumas funcionalidades do módulo Gestão.

Faturação 

Efetue a faturação a Utentes e/ou Entidades incluindo RNCCI, contemplando as taxas moderadoras de modo automatizado.

Integração (ERP’S)

É sempre bom quando o software de saúde possui ligação nativa com algum software de gestão/faturação. Nos casos em que as clínicas já têm os seus próprios ERP’s (softwares de gestão) devem perceber se o software de saúde que pensam adquirir permite integrar com os ERP’s que já utilizam.

Tesouraria

Tenha uma gestão de tesouraria eficaz com o controlo de conta corrente, gestão de Caixa, Gestão de Geriatria, Infância, Consultas.

Análise e Estatísticas

Consulte a situação dos processos, com todo o detalhe da sua evolução. Obtenha consultas estatísticas por forma a responder às solicitações dos diversos organismos.

 

Quer encontrar um software para clínicas que conte com todas estas funcionalidades que enumeramos? Fale connosco e saiba como podemos ajudá-lo!